ICEBERGS

São grandes blocos de gelo flutuantes, despreendidos de geleiras e banquizas. Como estas geleiras e banquizas são formadas a partir da precipitação de neve, os icebergs são compostos por água doce.

O iceberg flutua devido à menor densidade do gelo (0,9 g.cm-3) do que a água do mar(1,025 g.cm-3). Como a diferença de densidades envolvidas é pequena, a maior parte da massa de um iceberg está submersa, sendo a parte visível cerca de 10% da massa total.

Os icebergs se derretem muito lentamente e são transportados pelas correntes marinhas ou pelos ventos a grandes distâncias, o que os transformam em um grande perigo para a navegação.

Quando um iceberg se aproxima de um litoral raso, a parte submersa se choca contra o fundo, podendo destruir cabos, dutos e outros equipamentos ou obras colocados ou construídos ali pelo homem.

Em função de sua periculosidade os icebergs são monitorados e avisos de alerta são continuamente emitidos.
A ponta do iceberg
É uma expressão que usa o fenômeno do iceberg como analogia, significando que um fato pequeno pode ser a revelação de muitas coisas mais.